Alugue agora

O litoral de Alagoas é um dos mais belos do Brasil. Do norte ao sul do estado há praias com mar azul e areia fofa que são capazes de virar a cabeça de qualquer turista sedento por praias.

A costa alagoana tem apenas 230 km de extensão. É bem fácil conhecer as praias mais famosas com um carro alugado. Por uma coincidência geográfica, Maceió fica mais ou menos no centro do litoral alagoano, o que torna rápido os deslocamentos tanto para um lado quanto para o outro. A rodovia AL-101 facilita ainda mais as coisas, pois atravessa todo o estado, com asfalto correndo quase sempre rente à costa. Assim, pular de praia em praia é a melhor coisa a fazer em Alagoas. 

MACEIÓ

Tudo começa em Maceió, que tem as praias urbanas mais bonitas e gostosas do Brasil. Pelo menos, em nenhuma outra capital do Brasil o contraste do verde do mar com o cinza do cimento dos prédios é tão impactante. Se você já esteve lá sabe muito bem disso. É sempre emocionante ver (ou rever) a orla da cidade. Os turistas ficam concentrados nas três praias centrais: Pajuçara, Ponta Verde e Jatiúca. É natural, já que a maioria dos hotéis ficam na avenida beira-mar ( a Av. Álvaro Otacílio),  e basta atravessar a rua para ganhar o calçadão.

A Pajuçara é a mais movimentada de todas. Sempre ocupada por muitas jangadas prontas para zarpar no horário da maré baixa, quando se formam piscinas naturais em um trecho de corais a 2km da costa. A Ponta Verde, por sua vez, é que a tem a orla mais bem cuidada, com jardins e coqueirais. Lá estão as duas melhores barracas de praia, a Loupana e a Kanoa.  

   

PRAIA DO GUNGA

No litoral sul alagoano só se fala da Praia do Gunga. É a praia mais famosa do litoal do estado. E a fama é justificada. O Gunga fica na ponta de uma península de areia na foz da Lagoa do Roteiro, a cerca de meia hora de carro de Maceió.  Mas a área é particular e o acesso é feito por uma fazenda de coco. O Gunga tem tem boa infra de barracas e estacionamento. Há um trecho com muitas cadeiras na praia, mas basta caminhar cinco minutos que você vai encontrar um cenário digno de pôster de agência de turismo.  Muitos bugueiros fazem passeios pela praia até um trecho de falésias avermelhadas, na vizinha Praia da Lagoa Azeda. O passeio é feito pela areia da praia e inclui uma parada para banho em uma lagoa que se forma ao pé das falésias.

PIAÇABUÇÚ

No extremo sul do litoral de Alagoas está a foz do Rio São Francisco, o mais brasileiro dos rios. No encontro do Velho Chico com o mar, surge um espetacular cenário de dunas e uma extensa praia deserta com cerca de 20km de extensão, a Praia do Peba. É um dos cenários mais selvagens de toda a costa brasileira. O acesso é por Piaçabuçu, uma pequena cidade às margens do rio, que fica a 140km de Maceió. Com agência Farol da Foz Ecoturismo você pode ir até lá de bugue, galgando as dunas, ou de barco, passando ao lado de manguezais. Dá para brincar de esquibunda nas dunas e mergulhar no Rio São Francisco.

CARRO QUEBRADO

Já para o litoral norte, não se pode perder o passeio a Barra de Santo Antônio, a 40km de Maceió. O objetivo é ir a praia de Carro Quebrado, que apesar do nome é acessível para qualquer veículo. Os guias na entrada da cidade vão tentar convencê-lo que o caminho é difícil e complicado. Não é. Uma ponte sobre o rio leva a Ilha da Crôa, que na verdade, é uma península, e não uma ilha. Não importa. O que é importa é que lá está a estrada de terra de 5 km que leva até a Praia de Carro Quebrado, que é uma enseada com falésias altas e avermelhadas. A dica: quando chegar em um canavial, vire a primeira direita, suba a ladeira e já vai ver a praia.  

ROTA ECOLÓGICA

O trecho de 40km que começa em São Miguel dos Milagres e vai até Japaratinga é conhecido como Rota Ecológica, nome que faz jus à fabulosa sequência de praias semi-desertas, piscinas naturais, cercadas por um vasto coqueiral, que se mantém até hoje longe das multidões e das barracas que espalham som alto pela areia. Trata-se de um recanto de paz e tranquilidade, mas que já ganhou nos últimos anos uma série de pousadas de alto nível, que prezam pelo conforto e alta gastronomia. A Pousada do Toque foi a primeira e até hoje é a melhor da região. Foi a responsável em implantar a filosofia de paz e altas mordomias que se espalhou pela Rota Ecológica. Neste trecho, a praia é praticamente uma só e se estende por quilômetros, entre um vilarejo de pescadores e outro. Há diversos deles, como Tatuamunha, Porto de Pedras e Porto da Rua. Chama atenção a paisagem das praias, que muda radicalmente ao longo do dia. Na maré baixa, o mar recua tanto que quase chega a sumir de vista em alguns pontos, expondo as bancadas de corais e lindas piscinas naturais. As mais visitadas ficam na Praia do Toque. Já na maré alta, o mar encobre os arrecifes e quase toda a faixa de areia da praia.

MARAGOGI

As maiores e mais famosas piscinas naturais de Alagoas estão em Maragogi, no extremo norte do litoral alagoano, a 130km de Maceió. A cidade recebe muitos visitantes, a maioria em passeios do tipo bate-e-volta que saem pela manhã da capital alagoana. Todos querem conhecer as tais galés, que é como eles chamam as piscinas naturais que surgem a 5km da costa, em meio a maior bancada de corais do Brasil. Os catamarãs levam até lá em três pontos diferentes (Galés, Itaóca e Barra Grande). Vale a pena conhecer também as praias de Maragogi. A cor do mar neste trecho não existe em nenhum outro lugar. É tão azul que até parece o Caribe. E isso não é exagero não. As mais bonitas são as praias de Antunes e Porto do Mangue, ambas com acesso de carro e placas na AL-101 indicando a entrada.

Alagoas é realmente incrível, né? E se você quer conhecer o estado, não deixe de se programar! Alugue seu carro com antecedência e bom passeio. :D